4 Acidentes de trabalho comuns nas empresas

Situações de riscos podem ocasionar acidentes de trabalho e interferir na saúde e segurança do colaborador. Conheça 4 deles muito comuns dentro do ambiente ocupacional

 

acidentes de trabalho

Os acidentes de trabalho ainda são um problema para muitas empresas no que diz respeito à saúde e segurança do colaborador.

As atividades ocupacionais trazem inúmeras situações de riscos e que unidas ao gerenciamento ruim da situação elevam o número de casos no Brasil.

De acordo com a OIT, o país é o segundo do G20 em mortalidade por acidentes no trabalho, onde 6 óbitos são registrados a casa 100 mil empregos formais.

Por isso, separamos através desse conteúdo 4 acidentes de trabalho muito comuns nas empresas brasileiras à fim de ligar o alerta e encontrar medidas para evitá-los. Vamos lá?

 

Aqui você vai ver:

  • 4 acidentes de trabalho comuns nas empresas
  • Quedas;
  • Choques elétricos;
  • Confinamento ou Esmagamento;
  • Lesões por esforços repetitivos (LER)

4 acidentes de trabalho comuns nas empresas

 

Acidente de trabalho é definido como toda situação que ocorre dentro do ambiente ocupacional e que afeta diretamente a saúde ou segurança do colaborador.

Nesse caso, todas as atividades que interferem ou interrompem as atividades de trabalho são considerados acidentes de trabalho.

E neles podemos incluir desde situações que causem lesões, redução ou perda da capacidade de trabalho e também morte do colaborador.

Por isso, separamos quatro acidentes comuns no ambiente de trabalho e que devem ser evitados. Olha só:

Quedas

 

Sim! As quedas ainda estão entre os acidentes comuns nas empresas e o investimento na NR 35 – Trabalho em Altura está cada vez mais necessário.

As quedas podem acontecem em diversos setores e envolver desde trabalhos em alturas até mesmo em pisos nivelados, onde superfícies escorregadias propiciam ao acidente de trabalho.

Nesse caso, além de cursos necessários, o uso do Equipamento de Proteção Individual (EPI) são essenciais.

 

Choques elétricos

 

Os choques elétricos também estão entre as causas mais comuns de acidentes de trabalho segundo o Ministério da Previdência Social.

A falta de capacitação e uso de EPI inadequado estão entre os pontos chaves desse tipo de acidente.

A aplicação da NR10 também se torna muito importante para evitar acidentes dessa origem, uma vez que os mesmos podem acabar em mortes.

 

Confinamento e Esmagamento

 

E diferente do que se pensa, o confinamento e esmagamento também faz parte da lista de acidentes de trabalho mais comuns.

Obras civis, por exemplo, são campeãs nesse tipo de situação, onde procedimentos que não são seguidos acabam em acidentes.

Entender como funciona o confinamento é importante, assim como qualificação para esse tipo de serviço também.

Muitos casos de esmagamentos também acontecem pela operação de máquinas perigosas e falta de capacitação, onde em um descuido acaba por ocasionar acidentes graves.

É importante ressaltar que as proteções das máquinas não devem ser burladas ou desativadas visto que o risco de acidentes se torna iminente nesse caso.

 

Lesões por esforços repetitivos (LER)

 

As lesões por esforços repetitivos (LER) também estão entre as doenças ocupacionais mais comuns.

O uso de computadores e de outras tecnologias nos dias atuais acabar por exigir demais dos funcionários onde as lesões pela atividade se agravam ao longo do tempo lesionando e incapacitando muitos funcionários.

Encontrar medidas para evitá-las é importante e nesse caso a recomendação é que os descansos entre as atividades e sessões de alongamentos e relaxamentos aconteçam.

 

 

Estes são alguns dos acidentes de trabalho, contudo sabemos que a lista ainda é muito maior do que deveria.

Se você é gestor, não deixe de procurar orientação quanto à saúde e segurança dos seus colaboradores.

Lembre-se: Trabalhadores seguros são muito mais produtivos.

 

 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Open chat
Posso Ajudar?