A importância da saúde e segurança no trabalho rural

trabalho rural

Saiba por que o trabalho rural também exige cuidados aos colaboradores durante suas atividades ocupacionais

 

trabalho rural

O trabalho rural, assim como qualquer outra área ocupacional, tem seus riscos e não é a toa que a NR 31 foi criada.

Nós já ressaltamos a importância das normas regulamentadoras em outro post aqui no blog.

E assim como na indústria, as normas também devem ser aplicadas para quem trabalha no campo.

Afinal, o maquinário para a safra é extenso e precisa de capacitação, não é mesmo?

Os cuidados com os produtos químicos e primeiros socorros também entram como itens indispensáveis.

Por isso, através desse post, você saberá mais sobre a NR31 e também vai entender a necessidade dos cuidados dos colaboradores que trabalham no campo. Vem ver!

 

Aqui você vai descobrir:

  • A importância da saúde e segurança no trabalho rural
  • O que diz a NR31?
  • Os principais riscos das atividades rurais

 

A importância da saúde e segurança no trabalho rural

 

Assim como qualquer outra área ocupacional, o trabalho rural exige cuidados importantes para proteger os colaboradores.

Afinal, diferente do que se pensa, as atividades rurais também trazem inúmeros riscos e que só podem ser evitados com uma boa gestão de segurança do trabalho, você sabia?

Apesar do avanço da tecnologia, os acidentes ou doenças ocupacionais na zona rural ainda são muito comuns principalmente por que envolvem a maneira como as condições de trabalho são oferecidas.

E infelizmente é mais comum do que deveria os investimentos em segurança serem deixados de lados pelos proprietários rurais.

Fato é que apesar de acharem ser somente um gasto a mais, a segurança no campo exerce uma grande influência na produtividade do campo e inclusive é um dos fatores importantes para o sucesso do agronegócio.

 

O que diz a NR31?

 

E foi justamente para melhorar as condições de trabalho no campo que a NR31 surgiu.

De acordo com o Ministério do Trabalho, norma estabelece obrigações tanto para os empregadores como para os colaboradores quanto as medidas de segurança e requisitos necessários para proporcionar boas condições de trabalho e proteger assim a saúde e integridade física do empregado.

Dentre as medidas estão a implementação dos programas de segurança e saúde como SESTR, CIPATR, PGRTR entre outros.

O uso do EPI e também do EPC são obrigatórios, assim como o empregador também deve fornecer um ambiente de trabalho mais seguro, com avaliações dos riscos e medidas para evitar acidentes.

 

Os principais riscos das atividades rurais

 

E nós não poderíamos deixar de falar sobre os riscos que as atividades rurais proporcionam.

Pois, para se proteger nada melhor que saber quais situações pode ocorrer nesse espaço.

É comum as pessoas pensarem que por serem em meio a natureza, as atividades rurais correm menos riscos, mas não é bem assim.

Dentre os riscos existentes da atividade estão:

  • Físicos e Mecânicos, onde o uso de máquinas agrícolas e ferramentas de uso de animais durante o trabalho é comum.
  • Biológicos, uma vez que o trabalhador fica em contato constante com partículas de grãos, agentes infecciosos, detritos de origem animal e pólen.
  • Químicos pelo constante uso de agrotóxicos.
  • Organizacionais pelo ritmo intenso de trabalho.

 

Ainda tem dúvidas sobre o assunto? Converse com a nossa equipe!

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Open chat
Posso Ajudar?