O que é PCSMO?

PCSMO

Conheça mais sobre o PCSMO, um dos programas essenciais para o desenvolvimento da segurança e saúde do seu colaborador

 

PCSMO

 

Se você é empregador já deve ser ouvido falar sobre o PCSMO – Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional, não é mesmo?

Parte da norma NR7, o programa está entre as principais iniciativas de prevenção a saúde do colaborador.

Mas se você está começando agora no empreendedorismo e ainda não sabe bem o que esse tipo de programa significa, nós trazemos um pouco mais sobre o assunto a seguir.

 

Aqui você vai conhecer:

  • O que é o PCSMO?
  • Qual a importância do programa para o ambiente ocupacional?
  • Quem deve criar o PCSMO?
  • O que acontece se a empresa não desenvolvê-lo?

 

O que é o PCSMO?

 

Todo ambiente de trabalho traz algum risco ao colaborador e é justamente para evitar  danos graves a saúde é que o PCSMO existe.

O PCSMO é um programa que envolve diversas ações em prol da saúde do trabalhador.

Ele tem como foco o rastreio e diagnostico precoce de doenças ocupacionais, ou seja, aquelas desenvolvidas no ambiente de trabalho.

Nele estão previstos todos os exames ocupacionais obrigatórios, assim como a avaliação clínica completa incluindo exames físicos e mentais, e o desenvolvimento do ASO – Atestado de Saúde Ocupacional.

 

Qual a importância do programa para o ambiente ocupacional?

 

Tirando o fato de o PCSMO ser obrigatório por lei, o desenvolvimento do programa é uma forma eficaz de manter o ambiente ocupacional cada vez mais saudável dentro da sua empresa.

Através dos resultados dos exames de cada colaborador, por exemplo, é possível desenvolver ações para melhorar a alimentação dos funcionários, assim como inserir atividades laborais mais ativas ou incentivar a prática de atividade física também.

O acompanhamento de doenças de forma precoce contribui e muito para a qualidade de vida de cada colaborador.

Afinal, nós não cansamos de repetir por aqui que um colaborador saudável e feliz é muito mais produtivo também.

Quem deve criar o PCSMO?

 

Ao ter que desenvolver o PCSMO, muitos empregadores ainda ficam em dúvida sobre quem de fato precisa realizá-lo.

De acordo com a NR7, o custeio do programa deve acontecer através da empresa.

Dessa forma ela precisa se organizar em montar uma equipe com médico do trabalho para coordenar as ações.

Ou então terceirizar o serviço através de uma empresa especializada em Segurança e Medicina do Trabalho.

Vale lembrar que a lei exige um profissional capacitado para o processo e o PCSMO também deve, além dos exames, fornecer informações claras sobre os riscos envolvidos, assim como as consequências e formas de prevenção.

 

O que acontece se a empresa não desenvolvê-lo?

 

Como nós já reforçarmos, o PCSMO faz parte das normas regulamentadoras impostas pelo Ministério do Trabalho, que por sua vez, diz que sua implantação é obrigatória.

A empresa que não se atentar ao programa pode sofrer multas trabalhistas, as quais podem variar conforme a quantidade de funcionários que a empresa possui e também se o caso é algo reincidente ou não.

 

Ainda ficou com dúvidas sobre o assunto?

Está possuindo dificuldades para implementar o PCSMO da sua empresa?

Converse com a nossa equipe especializada.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Open chat
Posso Ajudar?