GRO: Quais os objetivos?

GRO

Se você é gestor, com certeza já ouviu falar sobre o GRO – Gerenciamento de Riscos Ocupacionais. O mesmo é um documento que todas as empresas precisam ter a partir de agora. Isso porque com a atualização da NR1, a criação dele se tornou obrigatória para todas as empresas do Brasil. 

 

Diante disso, explicamos através desse conteúdo o que é GRO, sua principal diferença do PGR e o quais são seus principais objetivos. Se você possui essa dúvida, não deixe de acompanhar a seguir. 

 

Afinal, o que é o GRO – Gerenciamento de Riscos Ocupacionais?

 

O GRO – Gerenciamento de Riscos Ocupacionais é um programa desenvolvido dentro da empresa. O mesmo tem como missão orientar as empresas quanto aos riscos ocupacionais. Ou seja, mapear, gerenciar e fiscalizar os riscos do ambiente de trabalho. Tudo para minimizar e controlar possíveis acidentes no ambiente ocupacional.

 

De modo geral, o GRO se trata de um conjunto de medidas obrigatórias. As mesmas precisam ser desenvolvidas dentro da empresa com foco em minimizar ou reduzir os riscos de acidentes de trabalho.

 

Quais seus principais objetivos no ambiente de trabalho?

 

Dentro do GRO existem diversos objetivos.  Além disso, o foco é a segurança e saúde do colaborador. Neste caso listamos abaixo os principais objetivos do programa:

 

  • Identificar os Perigos e Riscos do ambiente de trabalho –  onde existem dois conceitos que precisam ser levados em consideração. Risco, portanto é probabilidade de acontecer. Já perigo é a fonte capaz de permitir que o risco aconteça;
  • Analisar e Avaliar cada um dos riscos – onde a empresa precisa analisar e avaliar os riscos que o colaborador é exposto.
  • Eliminar ou controlar os riscos – onde é possível adotar medidas preventivas de eliminar e controlar os riscos da atividade desenvolvida;
  • Monitorar e supervisionar os riscos – onde o empregador consegue, após fazer todas as análises, acompanhar a evolução da segurança, assim como avaliar se as medidas escolhidas estão dando certo e são realmente eficazes. 

Qual a diferença entre GRO e PGR?

 

Uma das dúvidas muito comuns quando se fala em segurança ocupacional é a diferença entre GRO e PGR. 

 

A principal diferença é que o PGR está dentro do GRO. Ou seja, ambos os programas se completam de forma a tornar as informações mais amplas. Desta forma vale destacar que um não substitui o outro, mas sim ambos se completam para tornar o ambiente de trabalho mais seguro. 

 

Outro ponto importante é que PGR veio para substituir o PPRA de modo a torná-lo mais abrangente. 

 

Tanto o GRO como o PGR formam agora uma evolução do PPRA. Isso porque antes o programa era apenas voltado para os riscos ambientais. Contudo, com a atualização, o PGR também passa agora a abranger outras áreas. 

 

Como a MedVitae pode ajudar? 

 

E por fim, não podemos deixar de comentar o quanto a MedVitae pode contribuir no desenvolvimento o GRO.  A mesma tem soluções adequadas  para atender à demanda de segurança do trabalho na sua empresa. Assim como  disponibiliza produtos para prevenção dos acidentes de trabalho e enfermidades ocupacionais. Tudo para resguardar a integridade e a capacidade do colaborador.

 

Converse com a equipe especializada da MedVitae

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Posso Ajudar?